A vulva é uma ferida aberta & Outros Ensaios

R$55,00

Gloria Anzaldúa, “chicana sapatão-feminista, poeta tejana patlache, escritora e teórica cultural”, nascida no Vale do Rio Grande, sul do Texas (EUA), trabalhou em uma ampla variedade de gêneros, incluindo poesia, ficção, ensaios, entrevistas, antologias e livros infantis. Uma das primeiras escritoras chicanas abertamente lésbicas, Anzaldúa desempenhou um papel importante na redefinição das identidades queer, feminista, estadunidense e na articulação de movimentos inclusivos por justiça social. Suas teorias sobre a mestiçagem, as fronteiras e a nova mestiça, bem como a alternância de códigos linguísticos, tiveram um impacto muito além do campo dos estudos chicanos. Sua insistência na construção de comunidades e coalizões uniu as preocupações feministas com questões de raça, gênero, classe, sexualidade, saúde e espiritualidade. Anzaldúa também desempenhou um papel formativo no desenvolvimento da Teoria Queer.

 

Neste volume:

Falando em línguas: uma carta para mulheres escritoras do terceiro mundo

La Prieta

Ponte, ponte levadiça, banco de areia ou ilha:Lésbicas de cor hacienda alianzas

Esqueerzita(r) demais a escritora – loca, escritora y chicana

Sobre o processo de escrever Borderlands/La Frontera

La vulva es una herida abierta/A vulva é uma ferida aberta

A nova nação Mestiza: um movimento multicultural

Prefácio: “Gloria Anzaldúa, a consciência mestiça e o ‘feminismo da diferença’”, de Claudia de Lima Costa & Eliana Ávila

Posfácio: “De fronteiras e novas mestizas a nepantlas e nepantleras: teorias de Anzaldúa sobre mudança social”, de AnaLouise Keating

Em estoque

REF: AB-5369 Categoria

Informação adicional

Peso 0.215 kg
Dimensões 16 x 11 x 18 cm
Autora

Gloria Anzaldúa

Tradução

tatiana nascimento

Editora

A Bolha Editora

Formato

Brochura

Páginas

256

Ano

2021

Língua

Português

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A vulva é uma ferida aberta & Outros Ensaios”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 

Pergunte alguma coisa


 

Você também pode gostar de…